Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

madness

madness

Sex | 07.11.14

A ida à cabeleireira!

ivy hurst

Pois é verdade... Eu hoje fui à cabeleireira. Já não ia à cabeleireira há uns dois anos. Bem, eu cortei o cabelo no ano passado, mas não foi na cabeleireira mesmo... Então, eu quando cheguei lá não sabia sequer o que queria que ela me fizesse, o que para mim foi uma novidade. Normalmente eu sei sempre o que quero, já levo a minha decisão mais do que tomada, mas desta vez não foi isso que aconteceu. Eu costumo fazer sempre o mesmo, por assim dizer: escadear o cabelo, cortar só as pontas, bla bla bla. Mas hoje decidi fazer algo diferente. Quase toda a gente usou ou usa franja, e eu sempre tive vontade de ter um dia, mas nunca me aventurei a tal coisa... Até hoje. É, é isso mesmo. Passei de um cabelo muito escadeado a cabelo cortado a direito e franja. O meu cabelo, que outrora era extremamente encaracolado, grosso e volumoso, estava agora muito fraco, estragado, espigado, fino... Nada saudável. Já para não falar da enorme quantidade de cabelo que me tem caído todos os dias... Enfim, já não parecia nada o meu cabelo. Dantes eu nem tinha de me esforçar quase nada para ele ficar encaracolado e bonito, e nos últimos tempos até isso era muito difícil, andava muito esquisitamente estranho. Ou seja, estava mesmo a pedir por socorro. E ainda por cima a dona começou a desleixar-se e passou a prendê-lo todos os dias, o que se tornou num inferno. Para ele, claro. Mas hoje... Hoje ele está melhor. E para ser sincera, eu estava com medo de não gostar. Mas até gosto, gosto mais do que estava à espera que fosse gostar. Não sou a pessoa a quem este penteado melhor fica, mas também não acho que esteja assim tão mal.

 

Antes:

A foto da esquerda é mais recente que a da direita.

 

Depois:

4 comentários

Comentar post