Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Trabalhinho ↝ 1 + 0,5 + 0,5 = The End.

por ivy hurst, em 23.08.15

 

O título parece-vos confuso? Não é, explico já.

 

Trabalhei durante um dia inteiro, e nos dois dias seguintes trabalhei apenas durante a manhã. E porquê? Bem, na segunda-feira esteve um ótimo dia para este trabalho, uma vez que o céu estava coberto de núvens cinzentas e havia muito vento. Chegou até a chuviscar da parte da manhã! O único problema que eu tive no meu primeiro dia foi mesmo o cansaço, mais as bolhas que fiz debaixo dos calcanhares ao descer da carrinha (eu sou um máximo), mas isso (o cansaço) era completamente normal. Tenho estado sempre em casa, e o maior exercício que faço é às sextas ou aos sábados quando tenho de arrumar a casa. Ah, e quando tenho de estender ou apanhar a roupa, porque eu sou pequenina e mal chego às cordas, então ando lá feita bailarina... Agora imaginem o quão exausta eu estava quando cheguei a casa, depois de ter passado oito horas e meia em pé, a apanhar pêras, a pegar em caixas e a andar pelos pomares. Uhum, estava a morrer.

 

O cansaço, depois do meu merecido descanso, deixou de ser um problema dos grandes, e então encontrei-me com um maior: o calor. Acho que toda a gente sabe que eu odeio o calor, odeio o verão, odeio sol e afins. Durante a terça-feira de manhã nem esteve muito mau, e o sol só apareceu lá para as onze ou meio-dia (e a pausa para o almoço era à uma da tarde). Mas na quarta-feira as coisas começaram a aquecer ainda mais, e o sol decidiu aparecer ainda mais cedo. Por norma, ficamos uma fila ao sol e outra à sombra, porque o sol faz mal e tudo isso. Mas na quarta, desde as dez e qualquer coisa (quando o sol apareceu), eu fiquei SEMPRE ao sol. Simplesmente cagaram na suposta "regra" e eu já mal me aguentava. Apesar de algumas complicações e bocas, as coisas nem correram assim tão mal. Mas eu dispenso a brincadeira dos escravinhos, porque ali todos sabiam que eu me dou mal com o calor. Acho que só querem saber quando a pessoa cai para o lado :)

 

Enfim... Quarta-feira, depois das chatices e merdinhas, eu acabei por dizer que não ia mais. Sinto-me frustrada porque eu estava a pensar que era capaz de fazer isto durante as duas semanas, e só consegui trabalhar um dia inteiro e duas manhãs. É mais do que no ano passado, sim... Se formos a fazer comparações então é uma vitória, mas mesmo assim... Sinto-me frustrada por não conseguir estar ali debaixo do sol a trabalhar. Eu vou perdendo as forças e sinto que vou desmaiar a qualquer altura. A culpa não é minha nem de ninguém, sou mesmo assim.

 

Enfim... Vamos ver se eu consigo arranjar um trabalhinho em breve.

 

Outra coisa que eu me apercebi, com este pequeno trabalho, foi que eu tenho que começar a tratar mais de mim. Serviu-me como um abre olhos, porque eu não tenho a noção de como estou. Penso que sou capaz de muita coisa, e não é verdade. Eu tenho de começar a sair mais, a fazer mais por mim. Passo a vida a queixar-me que não gosto do meu corpo e que quero emagrecer, mas também não tenho feito nada por isso. Desmanzelo-me cada vez mais, não cuido de mim, e depois quando chegam estas coisas é que me apercebo de como estou. Pode ser que agora eu ganhe coragem e força e comece a exercitar-me mais, para um dia mais tarde eu finalmente me sentir bem comigo mesma.

 

Ugh, era suposto falar só sobre a apanha das pêras e acabei por desabafar? ugh, ignorem.

 

Beijocas minha gente ♥

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:39


2 comentários

Imagem de perfil

De sacha hart a 24.08.2015 às 17:37

Lamento muito que as coisas com o trabalho não tenham corrido muito bem. Mas as pessoas têm de compreender que nem toda a gente consegue torrar ao sol, quanto muito a trabalhar sob ele! Eu tenho uma espécie de condição de pele que é chata quando se está ao sol, por isso imagino que não deve ter sido nada fácil ficar tantas horas exposta.
Gostei da tua determinação já no fim do post! O caminho da luta por nos sentirmos bem connosco próprios é longo, chato e difícil, mas se continuares assim determinada, vai tudo correr bem.
Beijinhos (:
Imagem de perfil

De ivy hurst a 25.08.2015 às 13:50

Claro, exatamente. Irrita-me que, quando o meu pai - Sr. GNR - está comigo, todos compreendem tudo e mais alguma coisa e que seja normal e quês; mas depois quando estou "sozinha", já ninguém entende nada e querem é que eu me cale e continue a trabalhar debaixo de um tórrido sol. Neste momento não só ando aqui feita cobra a mudar de pele, com comichões, ardumes e dores (o que é normal), mas também estou aqui cheia de bolhas e borbulhinhas. Enfim, isto passa-me.
Espero que sim! Ontem até fiz muito exercício e tudo! Quero ver se, mais logo, faço um novo post :)
Beijocas ♥

Comentar post



Sobre mim


Olá! Sou a Nessie, tenho 22 anos e sou Portuguesa. Este é um blog pessoal, e como tal poderão encontrar várias coisas, desde devaneios, a desabafos ou até mesmo reviews. Sê muito bem-vindo ao meu cantinho!




Instagram


Atualmente a ver:

Orphan Black
Temporada 5, Episódio 4 ✔


Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.