Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Estou... Sei lá.

por ivy hurst, em 08.05.17

IMG_20170401_171214.jpg

 

Não faço nenhum post há imenso tempo, e peço imensa desculpa por isso. Creio que todos os bloggers têm sempre uma altura da vida em que deixam o seu blog de lado pelos mais variados motivos. Descuido, preguiça, falta de tempo ou vontade. Falta de tempo não tive, mas acho que tive um pouco dos outros. Um pouco não... Tive todos, em demasia.

 

Provavelmente tinha muitas coisas para vos contar, mas com o que aconteceu no mês passado eu acabei por esquecer todo o resto.

Abril foi um mês terrivelmente complicado. Tive a minha avó internada no hospital durante mais de duas semanas, e depois de cerda de duas semanas em casa, voltou ao hospital. Entrou em coma, e dois dias depois infelizmente faleceu. 28 de Abril tornou-se assim um dia triste para todos nós. Sim, sei que temos de recordar as coisas boas e tudo isso, mas não deixa de ser triste. Não deixamos de ter saudades, não deixa de doer. Aliás... Acho que ainda é demasiado cedo para isso de "deixar de". Ainda só passou uma semana. Não fui ao funeral, nem sequer de casa saí. Nem sequer fui à minha terra natal reconfortar ninguém. Não quis. Acho que não ia conseguir. Tenho um casaco dela vestido neste momento e estou... sei lá. Nem sei como me sinto. Estou algures num limbo, porque se sair dele vou ainda mais abaixo do que já estou. Do que já estava.

Tirei essa foto no dia em que a fui visitar ao hospital. Eu nem queria ir. Voltei lá na Páscoa. Também não queria ir na Páscoa. Não queria ir visitá-la. Mas fui. E ela abraçou-me daquela maneira, e beijou-me... E eu nem consegui retribuir muito bem porque se me deixasse levar ia-me abaixo. Por isso saí assim que pude, só voltei para lhe dar um beijinho antes de ir embora... E nunca mais a vi. E nunca mais a vou ver.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 22:29


2 comentários

Imagem de perfil

De twilight_pr a 08.05.2017 às 23:23

Não consigo imaginar como te deves sentir, sinceramente não consigo... e gostava de te apoiar (mais), mas de certa forma... sinto-me de mãos atadas, por não saber o que fazer para o fazer.
No entanto, por muito que não possa imaginar como te deves sentir neste momento, posso compreender e não te julgo por não teres ido ao funeral nem à tua terra natal... quando um ente muito querido faleceu quando eu era muito pequena, também não fui e foi mais por escolha própria. Mais tarde, com outro ente também escolhi não ir.
Entretanto, não me quero alongar no meu discurso, apenas te quero dizer que estou aqui para o que der e vier, vou-me sentir uma inútil, mas se precisares de falar de qualquer coisa, podes contar comigo: nem que seja para falares, que sempre ajuda em alguma coisa.
Digo-te para teres força, (não sei se andas a ouvir isto vezes e vezes sem conta, mas pronto)... mas eu sei que és uma rapariga forte.

Um beijinho gigante minha Nes <3
Imagem de perfil

De ivy hurst a 14.05.2017 às 17:41

Não ir ao funeral foi realmente escolha minha. Já tinha dito antes de acontecer que não iria, e consegui que assim fosse. Por muito que parte de mim se sinta culpada por não ter comparecido no funeral, ou por não ter reconfortado os familiares - especialmente a minha mãe -, outra parte de mim acha que foi o melhor a fazer. Não sei qual das duas partes está certa.
Neste momento não sei nada de nada, para te ser sincera. Tenho-me fingido de muito forte mas por dentro sinto-me... Nem sei. Desfeita. Acho que é normal...
Enfim.
Obrigada fofinha, beijocas

Comentar post



Sobre mim


Olá! Sou a Nessie, tenho 23 anos e sou Portuguesa. Este é um blog pessoal, e como tal poderão encontrar várias coisas, desde devaneios, a desabafos ou até mesmo reviews. Sê muito bem-vindo ao meu cantinho!



Instagram


Ando a ver:

Outlander
Temporada 3, Episódio 10 ✓



Empire
Temporada 4, Episódio 6 ✓



How to Get Away With Murder
~ Currently on Hiatus ~
Temporada 4, Episódio 8 ✓



The Exorcist
Temporada 2, Episódio 8 ✓


Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.