Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Da próxima vez que comeres uma pêra...

por ivy hurst, em 29.08.14

Untitled

Lembra-te de mim!
    A sério. Eu, Nessie Soraya, fui para a apanha das Pêras. Eu, que sou branquinha como tudo, estou aqui com pequenos mas ardentes escaldões aqui e ali. Eu, que sempre me dei e ainda me dou mal com o calor, fui pôr-me debaixo do caloroso sol de Agosto e cheguei a sentir-me mal, e tive de ir para casa. Mas mesmo assim, voltei no dia seguinte. Ah, pois... Lembram-se daquele post que eu fiz há tempos atrás a dizer que eu queria mudar, começar a fazer algo por mim? Parece que essa nova era da minha vida já começou. Começou na quarta-feira, às oito e meia da matina. Vocês podem até achar isto estúpido, mas eu até gostei daquilo. Só tive pena de não ter lá ficado os dois dias completos por me ter sentido mal. Como eu já disse, eu nunca me dei bem com o calor, e já estava à espera que isto acontecesse. Eu até estive bem a manhã inteira, mas o calor foi apertando e quem se foi fodendo fui eu, claro. Eu já nem consegui comer o meu almoço todo, tive de deixar de o fazer porque se eu engolisse mais alguma coisa, tinha a sensação que mais tarde ou mais cedo iria sair para fora. Se é que me entendem. E eu estive ao máximo a tentar conter-me, a tentar que ninguém percebesse que eu estava realmente MUITO mal disposta. Mas pronto, depois veio a dor de cabeça e as tonturas que me fizeram parecer uma bêbeda mocada a andar, o que deu nas vistas e pronto. Foram todos muito atenciosos comigo, não haja dúvida. Especialmente o rapaz que naquele dia fazia par comigo... Pensava que já não haviam rapazes tão simpáticos e educados como aquele, e afinal enganei-me. Por isso, nesse dia, em vez de chegar a casa por volta das seis e vinte, cheguei por volta das três e qualquer coisa. Como é óbvio, quando a minha mãe me viu ficou toda preocupadíssima, não só por eu estar ali tão cedo, como por estar branca como a cal. Mas pronto... Eu tomei um banho, descansei um pouco e depois comi mais qualquer coisa e, depois de mais uma sesta e aos poucos, fui melhorando.
   No dia seguinte, ou seja ontem, de manhã ainda me sentia muito... Abananada. Assim sendo, não fui da parte da manhã. Mas, como me fui sentindo melhor ao longo da manhã, decidi ir trabalhar da parte da tarde. Depois de ter almoçado, fui então lá ter ao pomar, e seguiu-se mais uma tarde tranquila e até divertida de trabalho. 
   Para alguém que tem estado todos os dias fechada em casa, sem andar muito, sem fazer grande exercício nem nada, eu até me sinto muito bem hoje. É lógico que tenho o corpo um pouco dorido, e uma dorzinha nas costas, mas pensei que fosse estar muito pior, acreditem. Eu gostei desta experiência, mais do que alguma vez pudesse pensar. É algo realmente fácil de se fazer, apesar de ter de se ter atenção como é lógico. Mas é fácil, passamos o dia todo a exercitar o corpo, e ainda socializamos com pessoas que conhecemos e com aquelas que não conhecíamos. E isso é tudo o que eu não tenho feito. Não tenho saído, não tenho exercitado, não tenho socializado. E de repente fiz isso tudo de uma só vez.
   O melhor de tudo foi de facto eu ouvir aquelas pequenas mas tão boas palavras: Estou tão orgulhosa de ti. Eu confesso que também estou orgulhosa de mim. Eu fui capaz de colocar todos os meus medos e ansiedade de parte e fazer algo por mim. Fui capaz de continuar, de fazer um esforço para continuar ou pelo menos completar o dia que não tinha sido capaz de completar. Eu fiz algo por mim, eu saí da minha zona de conforto por uns tempos. E agora sinto-me muito feliz até. Aquelas pequenas cinco palavras estão tão bem guardadas na minha mente, que me vão fazer sorrir pelos próximos dias.
Mas, por outro lado, segunda-feira vou ter de ir apanhar a vacina do tétano... Ai jésuis, adoro vacinas. E por agora estar a meter o sarcasmo e a ironia à mistura, lembrei-me do tal educado e simpático rapaz que, quando eu fui sarcástica, me elogiou indirectamente ao dizer que as pessoas que usam o sarcasmo são inteligentes.
Onde anda a minha inteligência...?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:55


6 comentários

Sem imagem de perfil

De ella mentry a 29.08.2014 às 17:43

Somos duas, passo muito tempo ao sol ou a apanhar calor e fico logo mal. Já pensei em mudar-me para o Alaska por isso e viver no Algarve não ajuda nada
Imagem de perfil

De ivy hurst a 29.08.2014 às 17:52

Para o Alasca? Olha que não sei não, se calhar até é boa ideia xD
Sem imagem de perfil

De ella mentry a 29.08.2014 às 18:47

É frio, qualquer coisa a Noruega ou a Finlândia também serve xD nasci na região errada xD
Imagem de perfil

De ivy hurst a 29.08.2014 às 18:48

ahahah xD Provavelmente! xD
Imagem de perfil

De sacha hart a 29.08.2014 às 19:31

Olha que ainda hoje comi uma! E era do Oeste, apanhadinha pela minha vizinha que tem imensas pereiras no Cadaval! Eu tenho lá uma casinha, por acaso por lá estar este fim-de-semana. Se for dar um passeio pelos pomares vou pensar em ti hahah
Imagem de perfil

De ivy hurst a 29.08.2014 às 20:14

Ahahahaha xD Pensa então xD Quando olhares para a pêra lembras-te logo de mim xDD

Comentar post



Sobre mim


Olá! Sou a Nessie, tenho 22 anos e sou Portuguesa. Este é um blog pessoal, e como tal poderão encontrar várias coisas, desde devaneios, a desabafos ou até mesmo reviews. Sê muito bem-vindo ao meu cantinho!




Instagram


Atualmente a ver:

Orphan Black
Temporada 5, Episódio 4 ✔


Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.