Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Não dá para acreditar

por ivy hurst, em 20.07.17

Imagem retirada do Google.

 

Os Linkin Park fazem parte da vida de imensas pessoas. Tornaram-se importantes para muitos. Para mim. Lembro-me de ser miúda e ouvi-los, de amá-los desde a primeira vez que os ouvi, desde os primeiros videoclips que vi. Nunca deixei de gostar deles. Os seus últimos trabalhos podiam ser diferentes dos anteriores, e é normal que os artistas às vezes apresentem trabalhos mais diferentes. Mas mesmo mudando um pouco, praticamente todos nós continuámos a segui-los, a amá-los.

 

É-me extremamente difícil acreditar que o Chester Bennington, o vocalista dos Linkin Park, se suicidou. Não dá para acreditar... O mundo hoje parou. O mundo está em choque. O mundo está de luto por este que era um artista fantástico. Onde quer que estejas, espero que estejas em paz. Já temos saudades tuas, C.

 

Descansa em paz.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:18

Depressão.

por ivy hurst, em 10.05.17

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:54

Estou... Sei lá.

por ivy hurst, em 08.05.17

IMG_20170401_171214.jpg

 

Não faço nenhum post há imenso tempo, e peço imensa desculpa por isso. Creio que todos os bloggers têm sempre uma altura da vida em que deixam o seu blog de lado pelos mais variados motivos. Descuido, preguiça, falta de tempo ou vontade. Falta de tempo não tive, mas acho que tive um pouco dos outros. Um pouco não... Tive todos, em demasia.

 

Provavelmente tinha muitas coisas para vos contar, mas com o que aconteceu no mês passado eu acabei por esquecer todo o resto.

Abril foi um mês terrivelmente complicado. Tive a minha avó internada no hospital durante mais de duas semanas, e depois de cerda de duas semanas em casa, voltou ao hospital. Entrou em coma, e dois dias depois infelizmente faleceu. 28 de Abril tornou-se assim um dia triste para todos nós. Sim, sei que temos de recordar as coisas boas e tudo isso, mas não deixa de ser triste. Não deixamos de ter saudades, não deixa de doer. Aliás... Acho que ainda é demasiado cedo para isso de "deixar de". Ainda só passou uma semana. Não fui ao funeral, nem sequer de casa saí. Nem sequer fui à minha terra natal reconfortar ninguém. Não quis. Acho que não ia conseguir. Tenho um casaco dela vestido neste momento e estou... sei lá. Nem sei como me sinto. Estou algures num limbo, porque se sair dele vou ainda mais abaixo do que já estou. Do que já estava.

Tirei essa foto no dia em que a fui visitar ao hospital. Eu nem queria ir. Voltei lá na Páscoa. Também não queria ir na Páscoa. Não queria ir visitá-la. Mas fui. E ela abraçou-me daquela maneira, e beijou-me... E eu nem consegui retribuir muito bem porque se me deixasse levar ia-me abaixo. Por isso saí assim que pude, só voltei para lhe dar um beijinho antes de ir embora... E nunca mais a vi. E nunca mais a vou ver.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 22:29


Sobre mim


Olá! Sou a Nessie, tenho 22 anos e sou Portuguesa. Este é um blog pessoal, e como tal poderão encontrar várias coisas, desde devaneios, a desabafos ou até mesmo reviews. Sê muito bem-vindo ao meu cantinho!




Instagram


Atualmente a ver:

Orphan Black
Temporada 5, Episódio 4 ✔


Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.